Yellow Sounds #38 -Machine Head (1972)

Quanto mais o tempo passa, mais os clássicos me atraem…

machine head capa

Estou notando que, quanto mais experiente eu fico, mais me interesso por bandas consideradas clássicas. Muitas delas eu já conhecia antes, mas algumas nunca tiveram uma influência tão grande sobre mim quanto agora. O Deep Purple é uma delas.

Foi por isso que, ao ler “novo álbum está pronto”, fiquei super animada. E, obviamente, decidi usar isso como pretexto para falar dos caras aqui.  Os caras têm três álbuns dentre os 1001 que a gente precisa ouvir antes de morrer e, na dúvida para escolher um, acabei optando pelo mais clichê: Machine Head.

Esse é o sexto álbum da banda, que estava se preparando para conquistar o mundo. À época, estavam em sua segunda formação, a “MK II”: Ian Gillan, Ritchie Blackmore, Jon Lord, Roger Glover e Ian Paice (1969 a 1973).

Para quem ainda não se deu conta, esse é o álbum de Smoke On The Water, detentora do melhor riff da história. Mas Machine Head não poderia se limitar a uma faixa, por mais estrondoso que seja o seu sucesso.

O álbum é curto – é isso ou, por ser tão bom, acaba muito rápido – e, sinceramente, foi difícil escolher as que mereciam mais destaque aqui. Minha sensação é de que os riffs se complementam faixa a faixa, sobretudo na primeira metade, algo que contribui para sonoridade do álbum como um todo.

A abertura é com, Highway Star, uma das minha favoritas. Inclusive pela história. A banda estava no ônibus quando um repórter que os entrevistava perguntou como eles compunham. Eles decidiram mostrar e a brincadeira rendeu bem!

O estilo da banda, marcado pela mistura de teclado e guitarras se destaca bem para mim em Pictures of Home e Never Before.  Logo na sequência, aparece a já citada Smoke On The Water, que conta toda a história da gravação do disco. Se você nunca tinha reparado nisso, segue uma versão legendada pra gente acompanhar além do “ta ta taa, ta ta tadaa…”

Para fechar minha lista de hoje, vamos de Space Truckin’, a última “poderosa” do álbum, já que a faixa final é mais tranquila. Linda, por sinal, mas não é o que estou procurando como destaque hoje.

Machine Head é um dos ou o álbum mais influente para o desenvolvimento do heavy metal. Aparece em diversas listas e é o maior sucesso comercial do Deep Purple. A turnê mundial de divulgação levou a banda pela primeira vez até o Japão e o show por lá resultou no Made In Japan, um álbum ao vivo poderoso o bastante para também aparecer em nossa lista-guia. #FicaDica e aperta o play!

The following two tabs change content below.

lrmatta

Lari Reis é um ser de outro planeta que acredita que se transformará em purpurina roxa quando morrer. Até lá, passa o tempo tentando aprender algo sobre música.