Warcraft – O Primeiro Encontro de Dois Mundos (2016)

” -Pela Horda!

– Pela Aliança!”
warcraft_ver8_xlg

Título: Warcraft – O Primeiro Encontro de Dois Mundos

(“Warcraft: The Beginning”)

Diretor: Duncan Jones

Ano: 2016

Pipocas: 6.5/10

Mais uma tentativa do mundo dos jogos nas telonas, com ajuda da Blizzard (dona da franquia de jogos Warcraft) a produtora Lengerdary Pictures tentou adaptar  a historia do primeiro jogo, Warcraft: Orcs and Humans. No filme, o mundo dos orcs está à beira de um colapso, e seu líder Gul’dan (Daniel Wu) reúne os clãs mais poderosos da horda, para levá-los até o reino de Azeroth através de um portal que só pode ser aberto com o sacrifício de muitas vidas.

warcraft-filme-trailer
O filme  se divide em em dois núcleos, em que no lado da Horda temos Durotan (Toby Kebbell) se rivalizando com o líder do clã Mão Negra (Clancy Brown), com as atitudes que os orcs têm para o domínio do mundo humano.

Trailer_completo_filme_Warcraft
E no lado da Aliança vemos o rei Llane Wrynn (Dominic Cooper) tentado unir as forças de seu mundo para terminar a invasão de Gul´dan, enquanto seu general, Anduin Lothar (Travis Fimmel), e o guardião feiticeiro do reino Medivh (Ben Foster), tentam conter o avanço das tropas orcs.

travis-fimmel-warcraft-01-600x350
A parte de cenários  e caracterização de personagens do filme não devem nada ao jogo em que foi baseado. Quem é fã reconhecerá as localizações e personagens a partir das vestimentas. Um outro ponto para consideramos é a computação gráfica que, em sua grande parte, está muito boa. Porém, algumas cenas são muito artificias, dando para perceber claramente a falta de cuidado com a finalização. do material

warcraft imagem legal
Ainda falando de pontos que não foram muito bem, Warcraft é muito corrido, dando pouco tempo para o telespectador se importa com algumas personagens ou até nem lembrar seus nomes, fora que não existe uma progressão de tempo muito clara no filme causando certa confusão.

Para balancear, temos cenas de ação muito boas, claramente enfatizando a grande diferença de proporcionalidade entre humanos e orcs , também dando uso diferencial para personagens que utilizam magia.

imagem legal 23
Ao contrario de outros filmes baseados em jogos, Warcraft consegue agradar aos fãs da série. O problema é que o ritmo acelerado deixa quem não conhece nada do jogo perdido em muitas ocasiões. No geral o filme é uma experiência muito boa para quem gosta de fantasias mas falha em cativar o grande público.

 

The following two tabs change content below.
Do cult popular ao pop culto: PontoJão é o lugar para você ir além do senso-comum. Seu ponto além da curva.