Vira a Página #46 – Traço Livre e os novos talentos da literatura

TRAÇO LIVRE – O Quadrinho Independente no Brasil

• Foi lançado, essa semana, o documentário “TRAÇO LIVRE – O Quadrinho Independente no Brasil” para as plataformas iTunes, Google Play e NOW. Com 82 minutos de duração, o filme tem produção e apresentação do ator e roteirista Felipe Folgosi em parceria com o também roteirista e diretor Jun Sakuma. Segundo descrição divulgada pela produtora Bravo Cinematográfica, “Traço Livre” mostrará como foi o lançamento da mais recente HQ de Folgosi, além de entrevistas com vários profissionais envolvidos na produção de uma história em quadrinhos. Com esse material, o público encontrará um panorama dos quadrinhos independentes no Brasil atualmente. Para mais detalhes sobre o documentário, é recomendável ler este post do Blog Zine Brasil, da roteirista Michelle Ramos.

Quando o assunto é quadrinho nacional, a primeira coisa que vem a memória de todo mundo é Turma da Mônica. No entanto, para quem quiser ir além da criação máxima de Mauricio de Souza, acredito que seja de fundamental importância assistir a este documentário. É uma ótima oportunidade para desvendar o que vem sendo produzido no Brasil e assim descobrir quanta coisa interessante que acaba ficando oculta por não estar no mainstream. Outro detalhe que vale o destaque está no fato desse lançamento ser feito para plataformas digitais, o que garante um público ainda maior, tendo em vista que uma parte significativa da audiência lê através de apps de leitura.

Links relacionados:

 

A Cabeça do Embaixador

• Está disponível no Kickante a campanha para a publicação do livro “A Cabeça do Embaixador”, de Raul Martins do TarjaNerd. Na trama, uma dupla problemática de investigadores, Wagner e Renato, investigará o mistério sobre quem cortou a cabeça do embaixador inglês em 1906 na tentativa de causar um escândalo internacional. Segundo a sinopse divulgada pelo próprio autor, nesta publicação os leitores poderão “espreitar os palácios, vielas, bares e prostíbulos da ex-capital do Brasil no período em que ela mais se transformava e se preparava para enfrentar o século XX”. Este é o segundo trabalho literário de Raul Martins, já que em 2017 ele lançou pela Editora Multifoco o romance “Memórias Sólidas”. Para mais informações sobre a carreira deste novo talento da literatura nacional, fica a dica para ouvir suas participações no podcast Novos Autores e ler a resenha do seu primeiro livro.

traço livre
Campanha do livro “A Cabeça do Embaixador”, de Raul Martins, no Kickante.

Em muitos casos, a opção de levar projetos literários para financiamento coletivo tem se provado benéfica para novos autores. Além de ser mais uma forma de divulgação, isso também serve como termômetro para o próprio escritor. Afinal de contas, é um meio de saber como o público-alvo reage à apresentação do projeto que ele está tentando tornar realidade. A premissa de “A Cabeça do Embaixador” parece bem interessante por ser uma história policial situada no inicio do século 20 aqui no Brasil. Soma-se a isso o fato do autor ter formação em História, o que garante um cuidado maior na forma de retratar a época escolhida. Por tudo isso, fica a expectativa para que a meta seja atingida com sucesso.

Mais informações:

 


Marcus é redator no site Leituraverso e um dos hosts do podcast Leituracast.


Entre no nosso grupo secreto no Facebook para interagir com autores e outros leitores e também no grupo do Telegram!

The following two tabs change content below.
Host do Leituracast, redator do site Leituraverso e autor da coluna Vira a Página.