Tradução | Alan Moore vai votar depois de 40 anos!

Durante as eleições para o parlamento britânico em 2019, dia 12 de dezembro, o Partido dos Trabalhadores (Labour Party) ganhou um eleitor ilustre. O escritor anarquista Alan Moore anunciou recentemente através do Twitter de suas filhas, Leah e Amber Moore, que, após 40 anos (!), irá às urnas para votar! Moore escreveu uma carta que as filhas publicaram em suas redes sociais, já que ele não dá as caras na internet,  e você confere nossa tradução para as palavras do bruxo logo mais. 

Alan Moore

O parlamento britânico tem Boris Johnson, do Partido Conservador (Conservative and Unionist Part), como primeiro ministro. Ele está ligado diretamente ao Brexit, movimento que pretende retirar o Reino Unido da União Europeia e, ainda em 2019, fechou o parlamento.


Aqui está algo que não se vê todo dia, um anarquista anti-internet anunciando nas redes sociais que votará no Partido dos Trabalhadores nas eleições em dezembro. Mas estes são tempos sem precedentes. 

Votei uma única vez em minha vida, há mais de 40 anos, estando convicto de que os líderes não buscam benefícios para ninguém exceto eles mesmos. Dito isso, alguns líderes são tão inacreditavelmente malévolos e catastróficos que eles devem encontrar uma oposição extenuante a qualquer custo. De maneira clara,  não creio que mais quatro anos desses parasitas vorazes e debochados da direita nos legarão uma cultura, sociedade e meio-ambiente no qual nós sequer teremos o luxo de imaginar alternativas.

O mundo desgraçado no qual estamos vivendo no momento não é um fruto desafortunado da guerra do destino; é uma decisão política e econômica tomada sem a consulta da enorme população humana que é mais drasticamente afetada. Se o oposto tivesse acontecido, o ideal seria haver um cenário que pudéssemos chamar de casa, assim devemos parar de apoiar — mesmo que passivamente — essa agenda conservadora devoradora e insaciável antes que ela engula a nós e às nossas crianças de sobremesa. 

Embora meu voto seja, principalmente, mais contra os conservadores do que a favor do Partido dos Trabalhadores, observo que o manifesto deste tem uma gama de propostas mais encorajadoras do que eu já vi em qualquer outro partido britânico relevante. Ainda que estes sejam tempos imensamente complicados e que todos estejamos incertos sobre qual destino devemos tomar, eu diria que aquilo que nos empurra para mais longe do choque contra um iceberg em flagrante é a melhor aposta…

Caso meu trabalho tenha significado alguma coisa para vocês ao longo dos anos, se o caminhar da vida moderna te faz temer por tudo aquilo que você valoriza, então por favor saia de casa no dia de votação e faça-se ouvir votando contra esse pisoteamento cruel da dignidade, segurança e sonhos de todas as pessoas. 

Um mundo ao qual amamos conta conosco. 

Alan Moore, 

Northhampton, 

20 de novembro, 2019

Leia mais Alan Moore

The following two tabs change content below.
Hippie com raiva.