Primeiras Impressões – The Good Place (2016)

Você está morto e veio para o Lugar Bom – parabéns! Se esperava o céu, ou reencarnação, ou qualquer que seja o pós-vida da sua religião… Bem, você acertou cerca de 5% da realidade. Durante toda a sua vida, todas as suas ações geraram uma pontuação, que todo um sistema do pós-vida computava. Desde aquela porta que você abriu para o seu vizinho, o elevador que você segurou, ou aquela vez que você chamou Facebook de “Face”: tudo contabilizou pontos positivos ou negativos para a sua posteridade. Caso você realmente se destaque, e tenha uma altíssima pontuação, você vai para o Lugar Bom. Caso não, o Lugar Ruim te espera.

Mas… Às vezes as pessoas – e os seres místicos do pós-vida – cometem erros.

Essa é a história de “The Good Place”. Bem-vindos ao Lugar Bom.

the good place

Nessa série de Michael Schur (de “Parks & Recreation” e “Brooklyn Nine-Nine”), Eleanor Shellstrop (Kristen Bell, de “Veronica Mars” e “House of Lies”) é a mais nova morta do Lugar Bom. Quem a recebe é Michael (Ted Danson, de “Cheers” e da ótima “Bored to Death”), um ser místico em forma humana que projetou todo este bairro do Lugar Bom. A vizinhança é desenhada com riqueza de detalhes para ser o mais próximo da perfeição que cada um dos 322 seres humano possa querer – o que não é muito difícil, visto que somente pessoas realmente incríveis chegaram lá – os que se destacaram em bondade, altruísmo e que tiveram um grande impacto positivo no mundo.

Exceto Eleanor.

the good place

A personagem de Kristen Bell foi, em vida, um ser humano pior do que a média. Ainda assim, algum erro foi cometido, e lá está Eleanor. No pós-vida, todo mundo é emparelhado com sua Alma Gêmea, e logo Eleanor conhece Chidi Anagonye (William Jackson Harper), um ex-professor de ética e filosofia. Eleanor revela a ele que houve uma confusão, e cabe a este homem moralmente impecável decidir se vai ajudá-la a se tornar uma pessoa boa ou se vai dedurar a sua presença indevida, que macula – e depois começa a ter efeitos catastróficos – neste Lugar Bom.

O piloto da série, composto dos episódios um e dois, é muito interessante, com várias piadas visuais espalhadas (então fique de olho aberto), e um texto envolvente. Ted Danson é um mito das séries de comédia, e Kristen Bell, queridinha entre 11 em cada 10 pessoas que a conhecem, forma uma dupla de protagonistas muito cativante. O roteiro apresenta tudo o que imaginaríamos de um lugar como este – ninguém consegue xingar, todos são agradáveis todo o tempo, e voar é um passatempo comum -, mas nos faz questionar se seríamos bons o suficiente não somente para entrar, mas para termos ânimo de permanecer em tal lugar. Você conseguiria passar sua eternidade numa vizinhança onde todos são – e serão para sempre – extremamente legais?

the good place

Enquanto os episódios novos saem nos EUA, a expectativa fica para uma ótima série de comédia da NBC, promissora em seus projetos e diferente do que temos visto na TV nos últimos anos – embora o humor com a morte nos remeta muito à “Dead Like Me”, de Bryan Fuller. Não é uma série de matar de rir, mas que certamente te divertirá ao longo desta temporada.

The following two tabs change content below.

erikavilez

Erik (sem C) é escritor, roteirista e dançarino de hula profissional lá fora. Aqui dentro, Erik é redator-chefe e comercial do site, além de criador, host e editor do PontoCast, o podcast carro-chefe da casa.