Rubel – Pearl

Um carioca vai ao Texas em 2011, e da convivência com os malucos que ele conheceu por lá nasce um disco que leva o mesmo nome do lugar onde ele estava morando: Pearl. Assim está escrito no site que hospeda o disco, vale a pena dar uma conferida aqui. Esse álbum chegou a mim pela indicação de uma amiga, e que indicação feliz, pois a sonoridade é tão indescritível quando agradável. Para entender um pouco melhor, ouça abaixo a canção que abre o disco, O Velho e o Mar.

 

Em termos de sonoridade o disco continua com a pegada da primeira música, misturando violões de aço, com violão de náilon, com banjos, com acordeões criando uma atmosfera de músicas bem construídas, em que nenhum instrumento tem destaque absoluto, mas todos juntos criam a harmonia. Rubel ainda se destaca pelas letras extremamente poéticas, sem soarem oníricas e completamente afastadas da realidade. É a poética do cotidiano, de dormir cansado e acordar do lado da pessoa amada, ou a efusividade de dizer que ama alguém. Além disso, Rubel é um excelente cantor, e sua voz casa muito bem com a atmosfera intimista.

 

12523836_468465546681509_6931237350213373598_n
Esse é o Rubel

Por fim, no final do mês passado, em entrevista, Rubel disse que estaria entrando em estúdio para gravar algo novo. O que é bastante satisfatório, pois quando um primeiro disco sai tão diferente de muita coisa que temos visto por aí, torna-se um exercício produtivo imaginar como as futuras canções soarão depois da experiência, da estrada e do alcance que o disco anterior teve. Ficamos no aguardo, ansiosos.

Todas as músicas de Pearl estão disponíveis para download gratuito clique aqui para baixar

***

Leia Também:

Outra banda carioca  diferentona: Baleia

O Terno, mais uma banda BR nova para acompanhar

 

 

The following two tabs change content below.