Resenha | Dragon Ball Z: a saga dos Saiyajins – Goku morre

Costumo pensar que a saga dos Saiyajins e a saga Freeza giram em torno do que seriam os últimos feitos de Goku até passar o bastão mágico do protagonismo para Gohan. A saga Cell, apoteótica como foi, reiteraria esse papel principal para o jovem sayajin. A saga Boo é um ótimo apêncide. Mas voltemos um pouco para situar os desavisados.

“Dragon Ball Z” é a continuação do anime Dragon Ball, que contava a história de Goku, um jovem garotinho com cauda de macaco criado por seu avô num lugar remoto entre as montanhas. Quando criança, Goku encontra a adolescente de cabelo azul chamada Bulma, que estava em busca das Esferas do Dragão – bolas amarelo-alaranjadas com estrelinhas vermelhas dentro que juntas realizavam um desejo… qualquer desejo. O tempo passa e Goku se torna um aprendiz de artes marciais com Kuririn, um garoto careca e baixinho que continua baixinho e careca quando adulto (até que o cabelo cresça de repente). Os dois são treinados pelo Mestre Kame, que obviamente é um mestre em artes marciais, mas sua principal característica é ser um velhinho muito pervertido.

saga dos saiyajins
Goku e seu avô

A saga dos saiyajins, tenta explicar melhor a origem de Goku. Com a chegada de Raditz na Terra descobrimos não só que Goku tem um irmão (ele mesmo, Raditz), como também tem um nome muito mais legal: Kakarotto. Goku, na verdade, foi enviado para destruir a Terra. Era um costume da raça guerreira dos sayajins enviar bebês para planetas que não oferciam muita – ou nenhuma – resistência. Os sayajins eram conhecidos universo afora por serem grandes conquistadores, e o envio de bebês era uma maneira simples (e barata) de expandir os dominios. O bebê Goku era violento e revoltado tal qual um chiuaua sem coleira, mas cai de cabeça na Terra e isso faz com que ele se torne uma pessoa amigável e não o guerreiro implacável que se esperava.

Mas então Raditz chegou na Terra… E morreu. Alerta de spoiler. Só que antes de morrer ele sequestrou o Gohan, filho de Goku, para tentar convencer o saiyajin terrestre a ajudar os sayajins espaciais e dominar a Terra(?). Bom, não deu certo. Goku e Piccolo (que eu não havia falado antes, mas era um vilão de Dragon Ball que se associou ao Goku por equivalência de interesses), foram ao resgate do menino. Depois de uma luta emocionante, Goku conseguiu segurar Raditz e Piccolo aproveitou a deixa para usar o Makankosappo e acabar com os dois guerreiros de uma vez só, já que Goku não era exatamente a menina dos olhos de Piccolo. Antes de morrer, Raditz diz que outros guerreiros mais fortes que ele estavam chegando na Terra “E NINGUÉM PODERÁ DETÊ-LOS!! MWAHAHAH”.

Como todo shonen, ter sempre um inimigo mais forte é uma característica recorrente em “Dragon Ball Z”. E a saga dos saiyajins não é diferente. Raditiz era só o começo. A terra ainda passaria por muitos perrengues nos dias que seguiriam.

Piccolo, Raditz e Goku em uma versão bizarra da dança do maxixe

Fillers, fillers e mais fillers.

Depois da morte de Goku, Gohan vai treinar com Piccolo e as coisas começam a tomar proporções titânicas. Os saiyajins com cauda se transformam em macacões gigantes chamdos Oozarus quando veem a lua cheia, e quando isso acontece com Gohan, durante o treinamento, Piccolo toma a decisão simples e prática de destruir a Lua. Enquanto isso, Goku, do outro lado do paraíso, corre desabalado para chegar ao fim do “caminho da serpente” – que é literalmente um caminho em forma de serpente – para voltar à vida.

MAS SERÁ QUE A CHEGADA DE GOKU SERÁ SUFICIENTE PARA DETER OS GUERREIROS SAIYAJINS?! GOHAN CONSEGUIRÁ CONCLUIR O SEU TREINAMENTO COM PICCOLO?!

Sim.

Vegeta e Nappa chegam na Terra em busca da promessa de imortalidade das esferas do dragão… e Nappa morre. Alerta de spoiler. Mas antes de morrer, Nappa libera Saibamans, bichinhos alienígenas verdes, para lutarem com os defensores da Terra, que nesse momento eram Tenshinhan, Caos, Piccolo, Gohan, Kuririn e Yamcha. Nesta luta o espectador é supreendido pela morte de Yamcha, que acontece de maneira rídicula, condizente com o personagem. A partir daí acontece uma briga generalizada e Goku finalmente mata Nappa. Com certa facilidade, inclusive.

Então começa um troca de olhares entre Goku e Vegeta que dura alguns episódios até que eles realmente comecem a lutar. E eles lutam. E Vegeta perde porque Goku e Kuririn recebem o auxílio do personagem mais inútil desse anime, Yajirobe, que corta a cauda de Vegeta. Então Goku faz uma Genki Dama que serve para Gohan se transformar em um Oozaru (ele confundiu com a lua cheia), e Gohan pisoteia Vegeta. Mas Goku, do alto de sua benevolência, adquirida uma vida atrás, quando caiu de cabeça e deixou de ser aquele bebê revoltado, decide poupar a vida de Vegeta e permite que ele parta para se recuperar.

Yajirobe sendo útil

Assim termina a saga dos Saiyajins, primeira saga de Dragon Ball Z. A saga dos Saiyajins, apesar das voltas e reviravoltas, é uma grande prequela para a saga mais emocionante de Dragon Ball Z, a saga Freeza, que falaremos em outra oportunidade.

 


Gostou do texto? Deixa um comentário, compartilha com alguém ou vem trocar uma ideia nos nossos grupos do Facebook e do Telegram. E assina nosso Padrim!

The following two tabs change content below.

Leandro Bezerra

Editor, redator e um serumaninho quase legal.