Primeiras Impressões: “Scream” (2015)

A MTV divulgou ontem oito minutos da sua nova série “Scream”, adaptação à TV da série de filmes “Pânico” (1996). Sendo breve como o vídeo, seguem nossas primeiras impressões.

A primeira percepção que temos é que a sequência é uma releitura da primeira cena do longa original. Entretanto, aqui temos duas mudanças cruciais: a primeira é que não temos referência a nenhum filme de terror, fator que contribuía para o tom autossatírico do filme original; a segunda, e talvez mais importante, é que aqui o assassino não liga para a sua vítima, mas manda mensagens para ela.


Isso é um problema porque a interação (e a voz) do assassino Ghostface contribuía bastante para a tensão construída, coisa que acaba diluída pelas mídias que o psicopata usa. Embora isso seja entendível (quase 20 anos se passaram desde “Pânico”…), fica uma sensação de que há algo faltando ali.

screamlogo

Também cabe um comentário rápido sobre os genéricos do Facebook e companhia: se você quer que uma série se comunique diretamente com um público jovem que tem YouTube, Facebook e Twitter como constantes na vida, você realmente vai tentar convencer com genéricos como “Cliptastic” só para não fazer propaganda dos serviços? Muitos filmes e séries fazem isso, o que não costuma ser um problema; o caso é que aqui é bem clara a grande participação das redes sociais na história. Usando genéricos, perde-se efeito.

maxresdefault
Em suma, o que dá para sentir na série com essa preview é que ela passou por uma repaginação necessária para que funcionasse em 2015; a pergunta que fica é se a série, em si, era necessária. Se não usarão a temática central dos filmes de terror, nem os personagens/ambientação e nem mesmo a máscara do Ghostface, não seria melhor fazer uma série sem nenhuma vinculação e pronto?

new-scream-mask
“Pânico” e suas sequências são sucessos por conseguirem mesclar tensão e humor proposital com a autossátira e com as mortes ridiculamente falsas. Se “Scream” se levar muito a sério, corre o risco de ser o ridículo do qual “Pânico” tanto escarnecia.

E o melhor? O “Pânico” original provavelmente usaria essa ironia.

“Scream” estreia dia 30 de junho na MTV estadunidense.

OBS.: E essa máscara do novo Ghostface (se esse é o nome dele)? Que misto estranho de Fantasma da Ópera com carnaval em Veneza, cruzes.

The following two tabs change content below.

erikavilez

Erik (sem C) é escritor, roteirista e dançarino de hula profissional lá fora. Aqui dentro, Erik é redator-chefe e comercial do site, além de criador, host e editor do PontoCast, o podcast carro-chefe da casa.