Comentário | Kyoto Animation – o que torna essa empresa tão especial?

A Kyoto Animation, “KyoAni” para os íntimos, começa sua diferenciação dos demais estúdios por fazer tudo “dentro de casa”, com exceção de alguns compositores e escritores pontuais. Não há freelancers desenhando desesperadamente e pulando quadros de animação para produzir mais e receber mais, não há risco de terceiros, vitais para o projeto, estarem com agenda lotada. Na Kyoto Animation, seus profissionais recebem salários, trabalham na empresa e até mesmo são treinados na própria escola de animação do estúdio.

k-on!
“K-On!” (2009)

Entretanto, a KyoAni não foi sempre assim. Em 2009, o estúdio adaptou o mangá “K-On!” – o maior sucesso da empresa até o momento – e lançou o “Kyoto Animation Awards”, uma competição onde as obras de maior destaque poderiam ter suas light novels (romances japoneses rápidos e de fácil leitura) publicadas pelo estúdio e potencialmente adaptadas para anime. Essa jogada arriscada foi o que definiu o sucesso para o futuro da empresa. Detalhe, a exigência por qualidade é tão grande, que por três anos nenhuma obra recebeu sequer menção honrosa.

kyoto animation
“Free!” (2013)

Ao deter a propriedade intelectual de boa parte de suas obras, além dos lucros serem maiores, o estúdio está impulsionando a venda de suas próprias light novels e propagandas. Assim, a KyoAni também garante que sempre haverá um projeto ativo, sem a necessidade de correr atrás de obras para adaptar e arriscar de ficar sem trabalho, motivo que já causou falência de estúdios como a “Manglobe”. Deste concursos saíram obras como “Free!”, “Tamako Market” e “Chuunibyou demo Koi ga Shitai!”.

Hibike! Euphonium
“Hibike! Euphonium” (2015)

Todos esses elementos combinados criaram na KyoAni um ambiente de trabalho ímpar na indústria do anime. Os prazos são menos agressivos e os diretores, animadores e escritores estão sempre em sintonia, trabalhando juntos, focando em cada pequeno e importante detalhe, fazendo com paixão algo que todos ali amam: um bom anime.

Animes que conversam com o seu coração, repletos de personagens críveis com pequenos e reais momentos que os tornam mais humanos e relacionáveis. Momentos que só são possíveis por causa da atenção aos detalhes, mas que só significarão muito para quem estiver de fato assistindo ao desenho, e não só olhando pra ele. Uma narrativa imersiva com aspectos técnicos impecáveis e repleto de amor pela arte.

The following two tabs change content below.
Aldeão da terra do morango, tokufã de carteirinha e editor dos tronos