Comentário: Narcos (1ª Temporada)

narcos

Como já era de se esperar, desde que escrevi suas primeiras impressões, Narcos teve um andamento normal, sem surpresas e extremamente bem executado. Entretanto, a regularidade se dá apenas na manutenção da qualidade, pois podemos ver que a história evolui de maneiras diferentes, às vezes tomando um viés mais policial, outras vez político. Dentro das manobras políticas, é possível até mesmo interpretar uma crítica à maneira como os EUA costuma intervir na política de outros países.

Como já faz um tempo que o hype passou, pude ouvir alguns comentários sobre a série e, uma vez que descemos do trem do hype, podemos ver algumas coisas com mais clareza. A única crítica negativa que eu achei válida é o fato de ela ser extremamente documental. De fato, ao longo da série, são mostradas várias fotos, vídeos, fora os momentos em que temos dados, muitos dados. Em defesa disso, Padilha haveria dito que a história não seria crível não fosse sua comprovação através de infinitos e inacreditáveis números. Além disso, trabalhar com filmes e séries com características de documentário já é uma marca da direção de José Padilha.

elenco-narcos

Outra crítica comum foi  sobre o sotaque carregado de Wagner Moura, que não era totalmente fluente no espanhol. Checando com um amigo que é nativo de um país que fala espanhol, o que me foi dito é que aqui e ali dá pra reparar no sotaque, mas que não é tão forte quando as críticas dizem ser. Isso, sinceramente, não fez diferença nenhuma na qualidade da atuação –  a indicação do ator brasileiro para o Globo de Ouro é prova disso.

Concluindo, a série é inquestionavelmente boa, deixando a desejar apenas para aqueles que não querem ser audiência de ilustrações realistas de uma realidade não tão distante. A única coisa que é ligeiramente preocupante é o anúncio de uma segunda temporada sendo que, conforme nos diz a história, sobrou pouco tempo de vida de Pablo Escobar para ser contado após a temporada recém encerrada.

The following two tabs change content below.