Resenha: Garota Exemplar (2012)

“O amor faz você querer ser um homem melhor – certo, certo. Mas talvez amor, amor de verdade, também lhe dê permissão para ser apenas o homem que é.”

No dia de seu quinto aniversário de casamento, Amy Dunne desaparece, deixando seu marido Nick em apuros. E em pouco tempo, devido ao seu jeito de agir se torna o principal suspeito da polícia. Então com o apoio de sua irmã inicia uma busca, afim de provar sua inocência e desvendar o mistério que está mudando sua vida: Afinal, onde está Amy?

Garota Exemplar

Título: Garota Exemplar (“Gone Girl”)

Autora: Gyllian Flynn
Ano de Lançamento: 2012

Editora: Intrínseca

Apesar de inicialmente parecer se tratar de apenas mais um livro sobre um desaparecimento, “Garota Exemplar” vai lentamente mostrando que é bem mais que isso e se tornando um ótimo thriller psicológico. Com os capítulos alternados entre o ponto de vista de Amy, no passado, e o de Nick, no presente, vamos sendo apresentados aos dois lados do relacionamento de um casal problemático.

A autora Gyllian Flynn, também conhecida por “Objetos Cortantes” e “Lugares Escuros”, com sua narrativa simples, vai desconstruindo aos poucos o casal, e é extremamente eficaz em dar veracidade aos personagens principais. Nem um pouco lineares, suas personalidades vão sendo construídas em cima de erros e acertos dos mesmos, o que cria rapidamente empatia no leitor.

Toda a trama flui bem e nada é descartável, apesar de o livro contar com muitas passagens de tempo em suas quase 450 páginas. E, quando menos esperamos, a autora joga uma reviravolta que muda toda nossa percepção sobre a história. Reviravolta (de explodir cabeças) responsável por guiar toda a trama a partir daí e definitivamente entrega a trama nas mão de Amy – que já pode ser considerada uma das personagens literárias femininas mais interessantes dos últimos anos.

A mídia também é bastante marcante no enredo; Amy, desde pequena, é conhecida por ser a inspiradora da famosa série de livros “Amy Exemplar”, também marcante para a criação dos conflitos da personagem. E, quando ela some, também é iniciada uma cobertura jornalistica em diversas mídias, que chegava a ditar o rumo das investigações e da opinião pública (situação bastante comum atualmente).

“Garota Exemplar” possui personagens bastante interessantes, uma história envolvente e uma ótima crítica a como a sociedade pode afetar nossas relações. Ao final, fica a reflexão de que toda história tem mais de um ponto de vista – ainda mais quando muitos elementos dessa história não são o que parecem ser.

The following two tabs change content below.

Lucas Bulhões

Estudante de programação que odeia programar e que se arrisca a escrever nas horas vagas. Sonha em conhecer todo mundo sem ao menos conhecer a si mesmo. Libriano não praticante.