Extraordinário – R. J. Palacio

“A única razão de eu não ser comum é que ninguém além de mim me enxerga dessa forma.”

112722956sz1

Título: Extraordinário

Autor: R. J. Palacio

Ano de lançamento: 2012

Editora: Intrínseca

Extraordinário conta a história de August “Auggie” Pullman, um menino de 10 anos que, por ter nascido com algumas deformidades faciais, nunca frequentou a escola. Mas por seus pais acharem que não poderiam o ensinar tudo que precisava decidem matriculá-lo em uma escola de Nova York. E a partir daí Auggie percebe o quanto é difícil entrar em um novo ambiente, ainda mais para alguém como ele.

August é extremamente real, logo de início o leitor já sente que é um amigo do garoto e consegue imergir totalmente no ambiente criado. O menino é doce e, apesar de todos os seus problemas, sempre lidou muito bem com eles, sempre munido de seu bom humor para tentar “suavizar” as situações e mostrar que ninguém precisa tratá-lo como um estranho, afinal ele é apenas um garoto normal com alguns problemas.

A leitura é leve e flui bem, mesmo com os vários saltos temporais da história, dividida em pequenos capítulos, do ponto de vista de vários personagens, todos muito bem construídos. É bastante interessante vermos como cada pessoa ao redor de Auggie reagem à sua deficiência, e como isso afeta não só o garoto, mas a vida de todos ao redor dele, como sua família, que, cada um de seu jeito, são o grande apoio do menino para a vida.

O livro nos faz refletir bastante sobre a forma de tratarmos as pessoas, independente delas terem algum tipo de deficiência ou não. Muitas vezes, mesmo sem perceber, tratamos as pessoas de forma indelicada, como se elas precisassem que os outros sintam pena dela, e assim criar situações extramente desagradáveis, resultando em pequenos problemas ou tabus bobos. Toda a reflexão que Auggie leva o leitor a ter é feita de foma natural, cheia de grandes ensinamentos sem nunca se tornar piegas.

Uma leitura para divertir. Para fazer rir. Para fazer chorar. Um livro realmente extraordinário.

The following two tabs change content below.

Lucas Bulhões

Estudante de programação que odeia programar e que se arrisca a escrever nas horas vagas. Sonha em conhecer todo mundo sem ao menos conhecer a si mesmo. Libriano não praticante.