A trilha sonora de Stranger Things 2 na caracterização dos personagens

Não existe a menor sombra de dúvidas de que a trilha sonora de Stranger Things é um grande trunfo da série e isso acontece porque enquanto ela ambienta a audiência na década de 80, também ajuda, de uma maneira mais intuitiva e menos didática, a fazer com que os personagens sejam melhor compreendidos. Falar de como a série apela para a nostalgia é chover no molhado e o Erik comentou um pouco sobre isso no nosso review da segunda temporada. Assim, o que vamos fazer aqui é passar pelas playlists de alguns personagens e descobrir o que elas dizem sobre eles. Esse texto pode conter spoilers, se você é como o Caldas, pare por aqui!

trilha sonora de Stranger Things

 

Uma das novidades que a segunda temporada nos trouxe, foram os personagens Maxine (Max – Sadie Sink) e Billy (Dacre Montgomery de Power Rangers). Eles são meio irmãos de uma família complicada e, enquanto o arco da menina envolve ela entrar para o grupo dos personagens principais, a ideia dos irmãos Duffer para Billy é que ele funcione como o “vilão humano” nas histórias de Stephen King. Para mostrar que a dupla chegou para causar em Hawkins, nada melhor do que ter a primeira cena com Rock You Like a Hurricane do Scorpions de fundo. A trilha sonora de Billy reflete sua personalidade: agressivo, inconsequente, mas com o charme tipicamente juvenil das bandas de rock. Em suas cenas, ainda podemos ouvir Shout at the Devil (Motley Crue), The Fourhorseman (Metallica) e Round and Round (Ratt). Em poucas palavras, a trilha sonora de Stranger Things nos mostra que Billy é um rapaz irritado com tudo e com todos.

trilha sonora de Stranger Things

 

Outro momento musical muito importante acontece com Eleven. Uma reviravolta faz a personagem sair para uma side quest que resulta em descobertas reveladoras sobre seu passado. Naturalmente, a menina, que está sob os cuidados de Hopper, faz tudo à revelia e a trilha sonora não poderia ser outra senão Runaway do Bon Jovi com o refrão “uuuu she’s a little runaway!”. Em outro momento, ouvimos também Dead End Justice do grupo The Runaways. Talvez isso mostre que Eleven está passando por um momento de transformação, em que ela deixa de ser o alien da primeira temporada, completamente perdida num mundo novo, e passa a ser uma pessoa dessa realidade, porém adolescente e com super poderes (promissor, não?). Mas não é apenas de novidades que a trilha sonora de Stranger Things 2 foi feita. A produção também investiu em jogadas que deram certo antes, como Jonathan ser o mentor musical de seu irmão mais novo, Will. Assim sendo, tivemos Should I Stay or Should I Go de novo e também This Radio Clash, ambas do The Clash.

trilha sonora de stranger things

Por fim, mas não menos importante, a temporada terminou no Baile de Inverno, que abre com Time After Time, de Cindy Lauper, uma canção que fala sobre como, independente do que aconteça, as pessoas irão se ajudar e se reencontrar. De certa forma, isso fala muito sobre os personagens, Will, que apesar de não estar desaparecido, passa a temporada praticamente toda possuído e dependendo da ajuda de todos para ser salvo novamente, Eleven, que volta para Mike e, além disso há o início do relacionado de Lucas e Max e o talvez relacionamento de Nancy e Jonathan (não sabemos como o triângulo com Steve terminou). A última canção que ouvimos antes dos créditos subirem é, porém, a mais emblemática: Every Breath You Take – The Police. Embora pareça apenas uma balada de amor, a canção tem como narrador um voyeur, ou, em termos mais modernos, e que a própria série usou, um stalker. Essa foi uma questão abordada muitas vezes, seja em relação ao comportamento de Lucas e Dustin para com Max, seja Eleven observando Mike à distância durante quase o ano inteiro, ou o próprio Devorador de Mentes, que usou Will como espião.

trilha sonora de Stanger Things

 

Concluindo, é claro que a trilha sonora de Strangers Things 2 cria uma ótima ambiência em relação aos anos 80 e aviva a nostalgia dos mais velhos, enquanto atiça o hipster que existe nos mais jovens, mas há também aí uma forma muito interessante de fazer com que nós nos relacionemos com os personagens e com a história que está sendo contada. A trilha sonora da série pode ser ouvida no Spotify aqui.


E aí, faltou falar alguma coisa da trilha sonora de Stranger Things? Fala pra gente nos comentários ou nos nossos grupos no Telegram e no Facebook!

The following two tabs change content below.
Professor, redator, editor-chefe deste site. Sou um cosplay de baixo orçamento de mim mesmo. Parceiro do Erik no PontoCast e host do BancaCast. Não sei qual é o meu animal interior, mas não é uma chinchila.