A música em Crazy Ex-Girlfriend traz um grande diferencial para a série

Séries veteranas ou as conhecidas empreitadas de heróis, podem ser o que marcam o sucesso de audiência para a CW. Como nem tudo é sinônimo de Riverdale para virar queridinha do público, em 2015, o canal chegou com uma aposta de estilo diferente, mas, infelizmente, se trata do tipo de série que não é reconhecida pelos seus méritos. Um desses méritos é a música em “Crazy Ex-Girlfriend”.

A Música de Crazy Ex-Girlfriend

No seu piloto, fomos apresentados a Rebecca Bunch (Rachel Bloom, também criadora da série juntamente com Aline Brosh McKenna) que apesar da boa carreira como advogada, a qual seguia na cidade de Nova York, repleta de confiança, parecia não estar satisfeita e preenchida com a felicidade esperada. E reencontrar Josh Chan (Vincent Rodriguez III) – o cara pelo qual era apaixonada – foi a confirmação certeira do que ela precisava e, por amor, estava disposta a abandonar sua carreira em Nova York e se mudar para a pequena cidade de West Corvina, Califórnia, para de uma vez por todas declarar o que sentia pelo seu amado.

É gratificante quando você não precisa ficar na dúvida em colocar uma série na grade só depois de conferir um ou mais episódios e “Crazy Ex-Girlfriend” mostra a que veio logo no seu piloto assumindo a sua abordagem cômica. Dentre muitos feitos incríveis – até agora na sua atual terceira temporada que está de tirar o fôlego – um dos mais importantes é a música. Quem nunca se desmanchou em lágrimas pelo fato da letra de uma música falar no íntimo ou fazer parte de um momento importante de sua vida? Indo além disso, a música em Crazy Ex-Girlfriend também é fundamental por marcar um contexto histórico.

A Música em Crazy Ex-Girlfriend

Em se tratando de obras cinematográficas, a música é o que irá definir a trilha sonora que tem como papel principal compor as cenas icônicas – como a famosa cena do chuveiro no filme Psicose, de 1960 – e servir na caracterização de seus personagens. Em “Crazy Ex-Girlfriend” é como se fosse a cereja do bolo. Um fato a ser observado desde a sua abertura (que você pode conferir abaixo) que trata de nos familiarizar com a situação atual de sua protagonista Rebecca: na primeira temporada, ouvimos de maneira bem humorada sobre como aconteceu a mudança de Rebecca de Nova York para West Corvina, como também o porquê, já n segunda, temos Rebecca cantando em dúvida se tudo o que fez foi loucura e a culpa é senão do amor, agora, para a terceira temporada, vemos a protagonista mais próxima deste sentimento, cantando e interpretando.

Além da abertura, a música em Crazy Ex-Girlfriend desempenha um papel importante no quis diz respeito aos plots trabalhados na série. E nada melhor do que ver os interpretes dos personagens soltarem a voz e protagonizar números musicais, envolvendo gêneros e estilos que marcaram décadas, desde girl bands, boy bands e o que transita sobre a cultura pop, um dos melhores acertos é ter o videoclipe dentro da série. E com suas letras feministas, referências e abordagens geniais que “Crazy Ex-Girlfriend” afia e firma ainda mais a sua liberdade para desenvolver seus temas de maneira honesta, com altas doses de humor negro, podendo conquistar com artifícios que vão muito além da música.

Não conhece “Crazy Ex-Girlfriend”, mas ficou curioso? Então confere um pouco do grande potencial com a música nos vídeos abaixo:

“Women Gotta Stick Together”

Na chegada em West Corvina, parecia que tudo iria dar certo entre Rebecca e Josh, o que ela não contava era ficar obcecada pela atual namorada do moço, e depois que Valencia (Gabrielle Ruiz) descobre isso, num ritmo country, solta a voz com “Women Gotta Stick Together” e declara que as mulheres devem ficar unidas acima de tudo

“The Sexy Getting Ready Song”

Nessa faixa, mais uma vez, a série acerta com o seu videoclipe, falando sobre todos os esforços feitos pelas mulheres enquanto se arrumam para estarem perfeitas para um encontro.

“Textmergency”

Em um dos melhores episódios da primeira temporada (1×11), em uma sacada genial e inesperada vemos Rebecca enviar uma mensagem com coisas que não queria que Josh lesse e, enquanto ela tenta arrumar um jeito de evitar que ele leia, temos essa música hilária intercalando as cenas.

“You Go First”

Por fim, num episódio da segunda temporada, vemos a amizade entre Rebecca e Paula colocada de lado por conta de um embate de quem deveria assumir os erros primeiro. Numa referência a dupla Heart (das irmãs Ann e Nancy Wilson) em um belo número musical ouvimos a resolução dessa discordância da maneira divertida que só “Crazy Ex-Girlfriend” sabe fazer.

OBS.: Todas as quatro temporadas estão disponíveis no catálogo da Netflix.


Curtiu o texto? Fala pra gente o que você acha da música em Crazy Ex-Girlfriend com um comentário aqui embaixo, no nosso grupo do Facebook ou do Telegram.

The following two tabs change content below.

Felipe Oliveira

Gosto de tudo um pouco, mas me limito em não arriscar muito e talvez escrever seja o meu momento mais sincero no qual posso expor minhas ideias e pensamentos.